Sábado, 5 de Junho de 2010

like a doll

 

  Sabes...tenho saudades.

  Saudades daquilo que era. Do meu sorriso, do brilho nos meus olhos, da minha gargalhada contagiosa. Saudades do passado.

  Eu via o mundo de uma forma diferente, mais alegre, mais positiva.

Acreditava que havia um lado bom em tudo, e que por muitas coisas más que passássemos, acabaria por vir algo bom ao nosso alcance. Era uma criança. Uma criança inocente, pequena, que achava que todos mereciam um sorriso.

  Mas tu não querias uma criança, não. Querias uma bonequinha de trapos, daquelas que andam de mão em mão, que estão todas usadas. Querias uma dessas para que a pudesses usar quando te apetecesse brincadeira, e no fim, bastava mandá-la fora.

 E por isso eu mudei. Mudei para te agradar, para que gostasses de mim, para que fosses meu, só meu. E a verdade é que assim eu te conquistei, ou melhor, tu conquistaste-me, pois quem mudou fui eu.

  Assim, passei de uma criança para uma boneca. Usaste-me enquanto te deu jeito, enquanto eu ainda era boa o suficiente para ti e para as bocas dos teus amigos, mas como em todas as histórias de bonequinhas de trapos, acabei num canto.

  Mudar por ti foi o meu maior erro, mas como em cada erro uma lição, digo-te que esta também foi a minha maior lição. Aprendi a não fazer prioridade a quem me faz de opção, a não mudar por quem não me dá valor, e o mais importante… aprendi que bonequinhas como eu não merecem putos como tu.

  Agora resta-me dizer,

Hasta la vista baby.

publicado por Cris. às 20:22
link do post | comentar | favorito
28 comentários:
De Flɑɑ a 6 de Junho de 2010 às 21:16
estou sem palavras para este texto minha querida, ainda por cima parece que todos os textos que tu escreves se encaixam perfeitamente na minha vida; nos meus medos; nas minhas alturas que me rebaixo; nos meus pesadelos e sonhos; nas minhas horas felizes e infelizes... Consegues entrar dentro de mim com esses textos, transformando a minha vida a passar no brilho do meu olhar no que escreves, como se eu estivesse a fazer um filme na minha própria cabeça. São tão intensos e estão sempre a marcar o meu coraçãozinho.
Vou tentar não ser a boneca de trapos pois já passei por isso e não é nada agradável ser tratada como tal, é difícil suportar o mundo que nos rodeia sendo um brinquedo para a pessoa de quem amamos.
Tem de se ser forte para com tudo e todos, continua assim meu amor, adoro os teus textos, tem um grande significado para a vida de cada pessoa, as lágrimas até me vêm aos olhos. (': aii, já escrevi tanto em tão bons minutos.. enfim! Beijinhos, ilouveiu mai angél. ♥
De Daniela a 6 de Junho de 2010 às 22:19
sua despravada :o
De Daniela a 6 de Junho de 2010 às 22:29
se vocês continuam nessa de se babarem juro que tiro :c
De Mudei-me. Tchauzinho. a 7 de Junho de 2010 às 00:06
Espero bem! Amo o teu sorriso e o teu brilho no olhar!

Beijinho, Cris.
De Chica a 7 de Junho de 2010 às 00:27
Olá, Cris.
Espero que voltem rapidamente.
De nada. Fico à espera da tua invasão.
Adeus e Beijinhos.
De Daniela a 7 de Junho de 2010 às 19:43
o mufassa é o rei (h)
De summer wright a 7 de Junho de 2010 às 23:54
Por isso é que não me dou a ninguém. Sou do mundo.


Invade também, sou nova cá ;)
De Flɑɑ a 8 de Junho de 2010 às 20:03
ó amor, os teus textos conseguem mesmo muito tocar-me. Falam de uma forma como se penetrasse na minha vida e conseguisse explicar alguns momentos que nela acontecem. Como se estivesses a tocar lá no fundo e conseguisses saber os pontos fracos em que até dá vontade de derramar lágrimas por acontecimentos passados. Continua a escrever assim pois tens mesmo um dom especial para tal coisa. Consegues mesmo impressionar-me com os teus textinhos 'nha linda.
Quero tanto não ser essa boneca de trapos e ser a barbie de alguém que me mereça, peço todos os dias que isso aconteça e que realmente eu consiga atingir a felicidade numa pessoa que goste realmente de mim. Só falta lutar pela vida, sofrer e talvez um dia conseguir.
Não sabes as saudades que tenho tuas, das nossas conversas, dos nossos desabafos diariamente, das risadas e momentos juntas. De TUDO. Mas quero que saibas que apesar destes dias de saudades que se criam entre nós eu amar-te-ei sempre meu amor, e serás sempre a 'nha 'bidinha. Nunca deixar-te-ei, prometo. És um bem essencial para a minha vida que eu não o posso deixar voar para longe de mim. A minha confiante em que guardo todos os meus segredos, como um diário, és as páginas em que desabafo e tenho plena confiança. Obrigada, mais uma vez. E a Fláa vai querer estar sempre do teu lado. :)
Beijiinho, tche amo sz
De sheisnothere a 8 de Junho de 2010 às 21:58
Obrigado (:
De summer wright a 8 de Junho de 2010 às 22:48
Estás à vontade.

Comentar post

PerfilxAdicionar

It's a Wild World

cristina. dezassete. açores.
“Às vezes a realidade apenas traz dores desnecessárias,
felizes são os que vivem no mundo da lua.”